(51) 3061-2129

A Razão Assessoria é composta por profissionais experientes, continuamente treinados, utilizando amplamente os mais novos recursos oferecidos pela informática.São mais de 16 anos de experiência e com conhecimento de quem presta serviços à vários segmentos de mercado. A informatização de nossos processos representa rapidez na emissão de relatórios e no controle.

Impostos, prazos, formas de pagamento, legislação trabalhista, fiscal... Estes dados estão sob constantes mudanças, devido a adaptações políticas e econômicas no município, estado e país. Informações atualizadas sobre estas questões são fundamentais para evitar futuros problemas, como multas. Deixá-lo informado é mais que uma obrigação da Razão Assessoria, é a sua bandeira e o seu diferencial.


Parcerias com assessorias Juridicas:


Trabalhista ; Civil; Revisionais ; Tributarias


Ultimas Noticias

Gasolina chega a custar R$ 8 o litro pela primeira vez em cidade do RJ, diz ANP


Apesar da máxima histórica em Angra dos Reis, os preços médios da gasolina e do diesel se mantiveram estáveis nos postos do país nesta semana. Posto de combustíveis; gasolina; abastecer Reprodução/RPC A gasolina atingiu o preço máximo de R$ 8,029 o litro pela primeira vez em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), nesta sexta-feira (28). Na semana anterior, o teto foi de R$ 7,99. Apesar da máxima histórica no sudoeste do Rio de Janeiro, os preços médios da gasolina e do diesel se mantiveram estáveis nos postos do país nesta semana, segundo a ANP. O valor médio do litro da gasolina passou de R$ 6,664 para 6,658 em uma semana. o diesel, por sua vez, variou de R$ 5,582, em média, para R$ 5,586 no período. O litro etanol, por outro lado, registrou queda de quase 1% em seu valor médio (de R$ 5,053 para R$ 5,007). Por fim, o preço médio do gás de cozinha de 13kg também ficou estável, de R$ 102,53 para R$ 102,44 no intervalo analisado pela ANP. Leia Mais

Veja os destaques do Globo Rural deste domingo (30/01/2022)

O Globo Rural deste domingo mostra a ação de quebradeiras de coco babaçu no Maranhão para preservar palmeirais e reapresenta reportagens especiais, como uma sobre queijos artesanais paulistas. Veja os destaques do Globo Rural deste domingo (30/01/2022) O Globo Rural deste domingo mostra a ação de quebradeiras de coco babaçu no Maranhão para preservar palmeirais e continua acompanhando os efeitos da seca e da chuva nas lavouras pelo país. Tem ainda reapresentação de reportagens especiais, como uma sobre queijos artesanais paulistas e outra sobre a macadâmia. Começamos a partir das 8h. Não perca! VÍDEOS: mais assistidos do Globo Rural Leia Mais

Famílias de baixa renda seguirão sem cobrança adicional na conta de luz em fevereiro, decide Aneel


Conta de luz da tarifa social seguirá com bandeira verde, sem adicional. Demais consumidores continuam pagando R$ 14,20 por 100 kWh consumidos no mês. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (28) que as contas de luz das famílias de baixa renda beneficiadas pela tarifa social de energia elétrica continuarão em fevereiro com a bandeira tarifária verde, pela qual não há cobrança adicional. Para os demais consumidores, continua em vigor a bandeira escassez hídrica, a mais cara. Quem não está na tarifa social pagará R$ 14,20 a mais por 100 kWh consumidos no mês. Até outubro do ano passado, estava acionada para a tarifa social a bandeira vermelha, e as famílias de baixa renda tinham que pagar um adicional de R$ 9,49 por 100 kWh. Mas desde dezembro, não há cobrança adicional para esses consumidores. A bandeira vermelha é a mais cara que pode ser aplicada à tarifa social porque a bandeira escassez hídrica não se aplica às famílias de baixa renda. Diante das chuvas em outubro e novembro, o que elevou o nível dos reservatórios das hidrelétricas, a Aneel decidiu reduzir a bandeira para amarela em novembro. O custo extra foi de R$ 1,87 por 100 kWh naquele mês. O sistema de bandeiras tarifárias é uma cobrança aplicada às contas de luz quando o custo de produção de energia aumenta. É o que aconteceu neste ano, devido à crise energética. G1 Desconto A Aneel informou ainda que as famílias de baixa renda continuam com direito ao desconto nas tarifas, que varia de 10% a 65% de acordo com a faixa de consumo. O desconto é concedido nos primeiros 220 kWh consumidos mensalmente por clientes residenciais. A exceção são as famílias indígenas e quilombolas inscritas no Cadastro Único, que têm desconto de 100% até o limite de consumo de 50 kWh/mês. Inclusão automática O presidente Jair Bolsonaro sancionou, em setembro do ano passado, uma lei que determina a inscrição automática de famílias de baixa renda como beneficiárias da tarifa social. A intenção é facilitar as inscrições no programa a partir do compartilhamento das informações do Cadastro Único pelo Executivo. Antes da lei, interessados precisavam solicitar a inscrição por telefone ou dirigir-se à distribuidora para pedir o benefício. Segundo a Aneel, o número de beneficiários da tarifa social pode dobrar em 2022 e chegar a quase 24 milhões. Atualmente, 12,3 milhões de famílias são beneficiárias da tarifa social, programa que custa cerca de R$ 3,6 bilhões por ano. Esse valor é pago por todos os consumidores de energia elétrica por meio de cobrança de encargo nas contas de luz. Há outras 11,5 milhões de famílias que se enquadram nos critérios para participar da tarifa social e que podem ser incluídas no programa a partir do ano que vem, quando as distribuidoras de energia terão que implantar o cadastrado automático de beneficiários. O cadastro automático entra em vigor em 11 de janeiro de 2022 e será feito pelas próprias distribuidoras de energia, com base nos dados do CadÚnico e do BPC. Quem tem direito Têm direito à tarifa social: famílias inscritas no Cadastro Único do governo federal, com renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo; idosos com 65 anos ou mais e pessoas com deficiência que recebam o Benefício de Prestação Continuada (BPC); famílias inscritas no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos com um integrante que, devido a uma doença ou a uma deficiência, faça uso contínuo de aparelhos médicos que consomem energia elétrica. Leia Mais

Instituto abre vagas de estágio em Maceió com bolsas de até R$ 1.100; confira oportunidades


Oportunidades são para estudantes da capital e região metropolitana, acima de 16 anos, dos ensinos médio, técnico e superior. Candidatos precisam preencher cadastro informando dados pessoais no site Assessoria O Instituto Euvaldo Lodi Alagoas (IEL-AL) está ofertando 20 vagas de estágio em Maceió para estudantes da capital e região metropolitana, acima de 16 anos, dos ensinos médio, técnico e superior. Os candidatos selecionados receberão uma bolsa que varia entre R$ 450 e R$ 1.100, além do auxílio-transporte. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram O cadastro para interessados é gratuito e deve ser realizado pelo site sne.iel.org.br/al. É necessário informar os dados pessoais e escolaridade. ?O estudante preenche um cadastro básico com as suas informações pessoais, dados do curso ou instituição de ensino e seus diferenciais, como cursos de idiomas, informática ou outros campos da área de tecnologia, experiência anterior caso tenha. Itens que acrescentem ao seu currículo e o destaquem no processo seletivo?, disse Camilla Reis, coordenadora de Relações com o Mercado do IEL Alagoas. Informações sobre o processo seletivo podem ser obtidas pelo telefone (82) 99149-8170, ou pelas redes sociais do IEL-AL, @ielaloficial. Veja as vagas abertas: Nível médio 2 vagas Nível técnico Curso: Técnico em Mecânica - 1 vaga Curso: Técnico em Petroquímica - 1 vaga Curso: Técnico em Eletrotécnica/ Eletrônica/ Eletroeletrônica - 1 vaga Nível superior Curso: Administração - 10 vagas Curso: Engenharia de produção - 1 vaga Curso: Ciências contábeis - 1 vaga Curso: Pedagogia - 1 vaga Curso: Marketing/Comunicação Social - 1 vaga Curso: Recursos humanos - 1 vaga Assista aos vídeos mais recentes do g1 AL Veja mais notícias da região no g1 AL Leia Mais

Indicadores

Acesso Rapido

Receita Federal SEFAZ-RS JUCERGS CAIXA Banco do Brasil
Razão Assessoria Contábil - Todos os Direitos Reservados
Criação de Sites em Porto Alegre